Vender ou alugar: qual é o melhor negócio?

scimoveis

Você tem um segundo imóvel que está ocioso, não vê mais perspectiva de uso para ele e, ao mesmo tempo, já se tornou uma fonte de escoamento de capital? Que tal torná-lo uma fonte de renda? Basicamente, você tem duas opções pela frente: vender ou alugar. Mas qual delas é o melhor negócio? Sim, porque ambas dão retorno, ainda que de forma diferente. A questão é que você só vai descobrir o que é melhor para o seu caso analisando todos os prós e contras das duas situações. Veja, no post de hoje, qual é o melhor negócio para o seu caso:

O que acontece na venda?

Você receberá, de uma só vez, todo o valor referente ao bem, o que permite a você várias alternativas: comprar outro imóvel, fazer investimentos variados em ações e títulos, aproveitar em uma grande viagem, fazer aquela sonhada reforma na sua moradia ou quitar um financiamento.

Se você já sabe que vender é o que você quer, pense se essa é também é a hora certa. Analise o cenário econômico e os fatores que podem agregar valor ao imóvel. Talvez, aguardar mais um pouco possa trazer um lucro maior. O importante é não agir por impulso e, na dúvida, consulte um especialista do ramo imobiliário.

O que acontece na locação?

Com ela você consegue uma renda extra fixa por mês que, ao final de certo tempo, pode significar um montante ainda maior do que o valor da venda. Porém, alugar sua casa pode se tornar um verdadeiro tiro no pé, se você não se cercar de cuidados.

Alguns dos problemas futuros podem aparecer apenas com o tempo, como o pouco zelo dos inquilinos com o imóvel e sua manutenção básica, o risco de inadimplência e até de aborrecimentos no momento de pedir o imóvel de volta, se a negociação de contrato não for satisfatória.

Para esses casos, a solução é simples: a contratação de uma boa imobiliária pode deixá-lo livre das dores de cabeça, uma vez que a empresa toma a frente com todas as ações necessárias. No entanto, é preciso contabilizar também alguns gastos fixos, como reformas e consertos que cabem ao proprietário e gastos com o IPTU, por exemplo. Há também o risco de ficar com o apartamento vazio no período entre inquilinos.

Vender ou alugar?

A melhor solução é aquela que melhor se encaixar no seu perfil. Ou seja, ela vai depender de vários fatores e, principalmente, do seu objetivo: conseguir um bom montante de forma relativamente rápida ou ter uma renda extra mensal fixa e segura? Você deve analisar bem as suas perspectivas e necessidades para tomar a decisão, que nunca deve ser de impulso, pois estamos falando de um negócio de milhares, talvez até milhões de reais.

É preciso que você leve em consideração também o momento econômico atravessado pelo país na época: é hora de vender ou de comprar? Os preços estão estáveis? Com está a expectativa do ramo imobiliário para os próximos 48 meses? Você pode contar com uma imobiliária idônea e experiente para responsabilizar-se pelo seu contrato de locação de forma a não ter aborrecimentos futuros? O valor do aluguel do imóvel atende às suas expectativas de renda extra? Cada um desses fatores deve ser muito bem avaliado para que você faça a melhor escolha.

Em Florianópolis, você pode contar com a SC Imóveis, há anos uma forte presença no mercado. Entre em contato conosco!

sc-imoveis-cta-infografico-investir-em-florianopolis