Seguro residencial: quais os benefícios e como fazer

scimoveis

Saiba por que vale a pena investir em um seguro residencial.

 

Você tem seguro? A maioria das pessoas que se depara com essa pergunta provavelmente pensa que o seguro do qual se fala é o seguro do carro. A julgar pela cultura e hábitos do brasileiro, isso é justificado, porque com certeza esse é o tipo de seguro mais conhecido e utilizado no País.

Apesar disso, a verdade é que existem vários tipos de seguro, uns mais e outros menos conhecidos. Hoje, nós vamos falar de um que passa despercebido por muitas pessoas: o seguro residencial.

Por mais que o seguro residencial não seja realmente desconhecido, é comum que as pessoas tenham a impressão de que ele é caro e inacessível – custando mais que um seguro de um automóvel, por exemplo, levando em consideração que uma casa ou apartamento é um bem de dimensões maiores.

A realidade, felizmente, é outra. Seguros residenciais, mesmo em suas versões mais completas, costumam ser mais baratos do que muitos seguros de automóveis disponíveis no mercado.

É nesse momento que surgem outras perguntas: para que exatamente serve um seguro residencial? Quais são suas vantagens? Como saber se vale a pena? Como contratar?

Para obter essas e outras respostas, acompanhe.

Os porquês de um seguro residencial e seus benefícios

Ao falar em seguro, logo pensamos em palavras como assegurar, segurança e proteção. Sim, isso tem tudo a ver com os propósitos de um seguro – incluindo o residencial –, porém, não é tudo. Mas vamos por partes.

Primeiramente, o seguro residencial visa proteger a integridade do seu imóvel de uma série de imprevistos. Por exemplo: incêndios, alagamentos, roubo, quebra de vidros, danos causados por uma queda de um raio ou até mesmo de uma aeronave, como um helicóptero ou avião.

Esses, claro, são casos mais extremos e que evidenciam mais a necessidade de haver algum tipo de proteção que possa ser posta em prática no caso de eventualidades que ocasionam grandes danos.

 

 

Contudo, você pode achar que para o seu imóvel e a região onde você mora esses não são realmente fatores de risco que valham a pena o investimento num seguro residencial. Nesse caso, ainda assim vale a pena conferir os planos oferecidos por corretoras, e o porquê disso é bastante simples.

Por mais que você considere que seu imóvel corra baixos riscos de ser avariado por um evento mais extremo, como um incêndio – o que, no fim das contas, é uma coisa boa –, pode ser vantajoso para você contratar um plano de seguro residencial para usufruir de serviços adicionais que as corretoras de seguro podem oferecer.

Nesse âmbito, as opções disponíveis no mercado são as mais diversas. Não somente as coberturas-base podem variar bastante, mas também cada corretora possui seu próprio rol de serviços que podem ser agregados ao seu plano de seguro e que podem lhe trazer mais segurança e comodidade no dia a dia.

Exemplos disso são os serviços de encanador, vigilância, eletricista, chaveiro, conserto de eletrodomésticos e vários outros que, dependendo do caso, não valeriam a pena serem contratados isoladamente. E o melhor: podendo contar com atendimento 24 horas por dia.

Como obter mais informações sobre planos e contratar um seguro residencial

Sabendo das várias vantagens que você pode obter ao contratar um seguro residencial, é justo que você queira conhecer alguns pacotes e também se informar melhor a respeito de preços e condições de pagamento.

Para obter essas informações e, caso seja do seu agrado, contratar um seguro residencial, você precisará entrar em contato com uma corretora de seguros não diretamente com uma seguradora, mas com uma corretora.

 

 

O que acontece é que cada corretora possui uma forma específica de trabalhar e tem parcerias com diferentes seguradoras. Em outras palavras, elas servem como intermediadoras dessa negociação para lhe ajudar a escolher a melhor opção para você e seu imóvel, bem como ser o seu principal contato para resolver quaisquer questões que surjam ao precisar contratar um dos serviços do seu seguro residencial.

 

ctas-blog-1024x128-TudoSobreFinanciamento