Praia dos Ingleses, Florianópolis: conheça as possibilidades deste bairro que mais parece uma cidade

scimoveis

A Praia dos Ingleses, em Florianópolis, é um dos destinos mais procurados do litoral catarinense tanto no verão quanto no inverno. E a razão é muito simples: a combinação perfeita de cinco quilômetros de praia, uma infraestrutura invejável e a proximidade de bairros bastantes badalados da capital manezinha.

O bairro, conhecido pelos nativos como zinga, possui cerca de 25 mil moradores em uma área de 20,47 km², que inclui também a praia do Santinho e locais mais afastados como Capivari. Hoje, ela rivaliza com o Centro da Capital como a área mais populosa da cidade, sendo vencedora nos meses de verão – quando a sua população chega a quase dobrar – e ficando um pouco atrás no restante do ano.

A grande procura por essa área tanto para morar quanto veranear é devido aos preços acessíveis de imóveis novos e mais antigos, uma boa oferta de transporte público, comércio variado, atendimento de saúde e escolar e ótimas opções de lazer. Ou seja, é uma pequena cidade autossuficiente com os charmes de um bairro de praia.

Conheça algumas características da Praia dos Ingleses, Florianópolis:

– A praia

A praia dos Ingleses, em Florianópolis, tem uma das maiores extensões da cidade: são 4,8 km de faixa de areia margeando o Oceano Atlântico. O interessante é que devido a essa dimensão toda, o balneário possui características bem definidas. No lado esquerdo (ou norte) as ondas são mais fortes e o mar mais agitado, bom para a prática de surfe e outros esportes aquáticos. Já no canto direito (ou sul) o mar é calmo e excelente para um dia relaxante com a família. A praia também conta com grande volume de restaurantes, bares e banheiros contornando a orla.

– Comércio

O centrinho dos Ingleses é repleto de opções de serviços e conveniências. São quatro redes de supermercados com filiais na região, dezenas de lojas, agências dos principais bancos, livrarias, academias e restaurantes para todos os bolsos. Além disso, o bairro irá receber nos próximos meses um shopping center com 170 lojas e três salas de cinema.

– Opções de lazer

O bairro dos Ingleses tem alternativas de lazer para todos. Para quem curte algo mais aventureiro, o bairro concentra a maior área de duna da cidade, com vários pontos para a prática de sandboard, inúmeras trilhas, locais para a prática de surfe, kitesurfing e canoagem e um parque aquático. Para quem prefere algo mais calmo, a região possui inúmeros restaurantes e, daqui a pouco, salas de cinema próprias. O bairro também já é perto de um outro shopping com sete salas de cinema e um teatro.

– Transporte

A Praia dos Ingleses, em Florianópolis, fica localizada a 35 quilômetros do centro. O seu acesso principal é pela SC-401, que começa próximo à região central e desemboca na SC-403, mas ele também pode ser alcançado pela SC-406, no Rio Vermelho.

Em termos de ônibus, o bairro é um dos mais bem serviços da Ilha. Ele possui três linhas comuns saídas do Terminal de Integração de Canasvieiras (como a 261, 263 e 264), outra saindo direto do centro da cidade (D264) e mais quatro linhas executivas que cruzam o bairro (1121, 1125, 1127 e 1128). Os Ingleses também contam com heliportos.

– Vida noturna

Por ser um bairro mais residencial, apesar da grande oferta de comércio, a vida noturna não é tão agitada na região. Existem, claro, diversas possibilidades de restaurantes e bares, mas em termos de balada os moradores se deslocam para o bairro vizinho de Jurerê Internacional, repleto de sunsets e casas de festa.

– Oferta de emprego

Nos últimos anos, a região norte de Florianópolis tem recebido inúmeros empreendimentos corporativos, ocupados especialmente por empresas de tecnologia. Nas proximidades dos Ingleses estão o Sapiens Park, o Corporate Park, a ACATE, o Portal dos Ingleses e o CFL Empreendimentos.  

– Multinacionalidade

Os Ingleses ficam atrás apenas do bairro Canasvieiras quando o assunto é receber estrangeiros nos meses de verão. O maior número de visitantes vem dos países vizinhos, como Argentina e Uruguai. Por isso, não é raro encontrar cardápios, placas e vendedores bilíngues na região.

cta-blog-sc-4-VendaELocacao