O que fazer na temporada de verão em Florianópolis

scimoveis

Florianópolis é um dos destinos mais queridinhos do Brasil, especialmente na temporada de verão. Afinal, os termômetros beirando os 40ºC, uma variedade de estilos, programas e belezas naturais fazem com que a cada ano a cidade caia nas graças de um número maior de turistas, que entendem rapidinho por que ela é chamada de Ilha da Magia.

E em meio a tantas possibilidades, fazer um roteiro para aproveitar a temporada de verão em Florianópolis pode parecer uma tarefa trabalhosa. Por isso separamos algumas dicas de locais que você simplesmente tem de ir para não ficar com a sensação de “não acredito que deixei isso passar”.

O que fazer na temporada de verão em Florianópolis, de acordo com o seu estilo

– Se gosta de esportes

Florianópolis oferece dezenas de possibilidades para quem gosta de praticar esportes – e muito além do tradicional surf. Os esportes aquáticos com certeza são os principais atrativos, são 44 praias e duas lagoas para escolher. São opções de kitesurf e Stand Up Paddle, na Lagoa da Conceição, e surfe no Campeche e na Joaquina.

Mas se você prefere algo mais “seco”, há a possibilidade de fazer sandboard nas dunas da Lagoa da Conceição, pular de asa delta, mergulhar na Ilha do Arvoredo ou aproveitar uma das dezenas de trilhas espalhadas pela Ilha. As mais conhecidas são a da Costa da Lagoa, a da Lagoinha do Leste e a de Naufragados.

– Se gosta de natureza

Além das trilhas já mencionadas, você pode aproveitar algumas praias mais afastadas e não tão tomadas por turistas. É o caso da praia da Solidão ou dos Açores, no Sul da Ilha, de Gravatá, no Leste, e as piscinas naturais da Barra da Lagoa.

Também é interessante visitar a Ilha do Campeche ou a do Arvoredo, que além de ter águas cristalinas são excelentes pontos para fazer mergulho.

– Se gosta de balada

Se a primeira imagem que vem à sua mente quando se fala de Florianópolis é uma praia, a segunda com certeza é uma balada. Floripa tem se firmado, assim como toda Santa Catarina, como um polo de música eletrônica. E as casas noturnas do Norte da Ilha confirmam essa tendência. Durante o verão, são cerca de 10 opções entre Jurerê e Praia Brava. Já no Centro as opções são mais voltadas para pop/rock e sertanejo.

Mas se você não gosta de tanto agito assim, uma boa opção é ir ao centrinho dos Ingleses ou da Lagoa da Conceição. Eles são super vivos e com vários bares, restaurantes e a certeza de uma noite mais animada.

– Se quer relaxar

Se a sua ideia é aproveitar a vida boa e relaxar, algumas praias são pedidas excelentes para isso. É o caso da Daniela e do Santinho, no Norte da Ilha, e Solidão e Açores, no Sul. A água costuma ser mais calma e o público mais família.

– Se quer comer bem

A colonização portuguesa e a grande produção de frutos do mar (especialmente ostras e mariscos) faz com que a comida típica da Ilha seja voltada para o mar. E duas rotas gastronômicas são o exemplo perfeito disso. A Rota do Sol Poente (entre Sambaqui e Santo Antônio de Lisboa, no Norte da Ilha) e a Rota Gastronômica do Ribeirão da Ilha (no Sul) têm alguns dos melhores restaurantes de peixes, ostras, camarão e lula da cidade.

Mas se a ideia não é comer tanto peixe, os centrinhos dos Ingleses e de Canasvieiras oferecem opções de diversas cozinhas mundiais, desde pizzarias a bistrôs renomados.

– Se quer tradição

Há quem não dispense um programa mais cultural enquanto aproveita as férias. Neste caso, é interessante visitar o Centro Histórico de Floripa, que conta com o Mercado Público, a Praça XV com a Figueira Centenária, a Catedral Metropolitana e o Palácio Cruz e Sousa. Todos esses locais ficam a uma distância de poucos metros e podem ser vistos a pé.

Além desses pontos, a Ponte Hercílio Luz – cartão-postal máximo da cidade -, os passeios de escuna até as fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim ou de Santo Antônio de Ratones ou uma andada pelas freguesias portuguesas de Santo Antônio de Lisboa, no Norte, e Ribeirão, no Sul, são ótimas pedidas.

– Se está com crianças

A grande maioria dos programas citados acima para aproveitar a temporada de verão em Florianópolis pode ser feita com a companhia de crianças. Mas se a intenção é realmente fazer um agrado a mais para os baixinhos, as dicas são visitar a praia da Daniela, na região Norte, onde o mar é mais calmo e permite que você desfrute com tranquilidade; o parque aquático Aqua Show, que fica aberto apenas nos meses de verão na região Norte; e o Projeto Tamar, que permite que as crianças vejam de perto tartarugas e alguns pinguins, na Barra da Lagoa.

Reunimos essas e várias outras dicas em um e-book supercompleto sobre o todas as atividades para se fazer na temporada de verão em Florianópolis. No “Por que escolher Floripa para passar as férias” você encontra dicas de roteiros e programas dependendo do seu estilo de curtir a época mais quente do ano. Confira!

cta-blog-sc-4-VendaELocacao