Decoração de quarto infantil: o que não pode faltar

scimoveis

As crianças passam mais tempo dentro dos quartos do que em qualquer outro cômodo da casa. É o local onde elas dormem, brincam, estudam e criam seu próprio mundinho particular. Por isso é fundamental que esse ambiente reflita suas personalidades ao mesmo tempo em que estimula a criatividade e o aprendizado.

Mas só focar no gosto da criança na hora de pensar na decoração de quarto infantil não é ideal. De acordo com designers de interiores também é necessário pensar nos pais e na otimização do tempo de arrumação, na armazenagem e na limpeza dos quartos. Ou seja, armários, caixas organizadoras e estantes são muito bem-vindas.

Outro ponto importante na decoração de quartos infantis é tentar romper com estereótipos desde cedo. Um quarto de menino não precisa necessariamente ser temático de futebol ou em tons de azul, assim como o das meninas podem ser muito mais engenhosos do que os focados em barbies e em tons de rosa.

Faça como as crianças e solte a imaginação!

O que levar em consideração na hora de planejar a decoração de quarto infantil

1 – Use as cores preferidas ou uma temática que fale com a criança

Uma maneira de fazer com que o quarto infantil seja aconchegante para o pequeno é pensar nas cores que mais o agradam. A sua filha é apaixonada por amarelo e azul? Essas cores além de complementares podem ser excelentes para criar uma decoração colorida e estimulante.

Em relação às cores, o único ponto de atenção é não deixar o quarto com muitas cores estimulantes ao mesmo tempo. Isso pode fazer com que a criança fique mais estressada e tenha dificuldades de relaxar ou se concentrar ao fim do dia.

Outra alternativa às cores é investir em uma decoração temática ou em imagens lúdicas. Adesivos e pinturas na parede, brinquedos de um tema único e móveis feitos sob medida podem criar uma atmosfera especial nesse ambiente. Pense em decorações de marinheiros, esportes, floresta, entre outros.

2 – Mesa de atividades/área de estudo

O quarto infantil normalmente tem de acomodar tanto uma área de brincadeiras quanto uma de estudos. E é essencial que elas sejam bem desenhadas para estimular a criança desde cedo.

Um ponto importante aqui é pensar na iluminação. Para não cansar a vista das crianças, dê preferência por lâmpadas brancas em luminárias próximas à mesa de atividades.

3 – Crie um mundo estimulante

Investir em móveis em formatos diferenciados, mapas, paredes com tinta de quadro negro para que eles possam desenhar e brinquedos educativos são excelentes maneiras de transformar o quarto das crianças em um ambiente estimulante e desenvolvedor.

Essa é uma técnica que remete ao método montessoriano de ensino, onde até os brinquedos e objetos que parecem apenas de entretenimento desempenham um papel fundamental de ensino por meio de experiências.

4 – Fique atento à segurança

Quanto mais novo for seu filho, mais cuidado em relação à segurança será necessário. Peças pontiagudas, alturas em que possa haver uma queda e objetos pequenos que possam ser engolidos são itens básicos para se observar.

Outra preocupação deve ser em relação ao piso, uma vez que alguns materiais favorecem escorregões e acidentes. Opte, sempre que possível, pelos de madeira ou com carpete.

5 – Elementos organizadores

Além de otimizar a vida dos pais, itens pensados para facilitar a organização criam desde cedo a importância da arrumação nos pequenos. Invista em caixas organizadoras, cachepôs, baús, armários, prateleiras, entre outros.

Exemplos de decoração de quarto infantil para se inspirar:

decoração de quarto infantil

decoração de quarto infantil

decoração de quarto infantil

decoração de quarto infantil

decoração de quarto infantil

decoração de quarto infantil

 

cta-blog-sc-4-VendaELocacao