Conheça os impostos e taxas que você deve pagar depois de comprar seu imóvel

scimoveis

Logo após escolher o imóvel dos seus sonhos, de conseguir o financiamento que você tanto queria e finalmente fechar a compra é chegada a hora de separar um dinheiro para alguns gastos adicionais aparecerão. A aquisição do imóvel vem acompanhada de uma série de obrigações. São impostos e taxas que você deve pagar depois de comprar seu imóvel.

 

Se você acabou de fechar o negócio da sua casa própria, fique atento a este post, que vai apresentar os impostos e taxas que você deve pagar a partir da assinatura do contrato. Confira:

Compra x impostos e taxas que você deve pagar

Algo que precisa ser considerado é que a compra de um imóvel pode significar o pagamento de taxas e impostos de 8% sobre o valor da compra. Ou seja, comprando uma casa de R$ 100 mil você poderá pagar até R$ 8 mil em impostos e taxas. Esta é uma soma bem elevada e que precisa ser verificada antes de a pessoa fechar negócio, pois é comum a solicitação de financiamentos no valor do imóvel sem considerar outros gastos. A seguir, vamos montar uma lista com os principais impostos e taxas que você deve pagar depois de comprar seu imóvel.

1- Imposto de Transmissão de Bens Imóveis – ITBI

Este é um imposto municipal que é adotado pela maior parte das cidades brasileiras. Desta forma, ele é considerado como uma importante fonte de recursos para as prefeituras. É imprescindível efetuar o pagamento dele, pois no momento de efetuar o registro do imóvel é preciso apresentar o comprovante do pagamento do ITBI.

2- Registro de imóvel

Não possui um valor fixo, uma vez que depende do preço do imóvel. Geralmente é de 2% sobre valor do imóvel. Deve-se ressaltar que ele também varia conforme o estado e o cartório onde é feita a transação. Normalmente os cartórios disponibilizam uma listagem com os valores das alíquotas.

3- Escritura

O valor da escritura também está entre os impostos e taxas que você deve pagar depois de comprar seu imóvel, e varia de acordo com o estado. O valor do registro da escritura aumenta conforme se eleva o preço do imóvel, ou seja, imóveis mais caros possuem escrituras mais caras. Existem dois tipos de escrituras: a escritura pública e a escritura particular. A escritura particular proporciona a posse, mas não a propriedade, não podendo ser financiado nem participar de espólio (bens, direitos e obrigações deixados por alguém que faleceu). Já a escritura pública permite que o registro do imóvel possa ser feito no Cartório de Registro de Imóveis.

4- Certidão Negativa de Dívidas

Normalmente este documento custa entre R$ 600 e R$ 800. O maior objetivo desta certidão é mostrar que o imóvel não possui dívidas em nome do vendedor, ou seja, confere mais segurança ao comprador.

5- Laudêmio da Marinha

Este é um imposto cobrado pelo Governo Federal para os imóveis que estão localizados no litoral brasileiro. Embora seja um tributo federal, existem algumas prefeituras que acabam cobrando o laudêmio municipal.

Agora que você já sabe quais são os impostos e taxas que você deve pagar depois de comprar seu imóvel, fique atento na hora de decidir qual imóvel adquirir.

Gostou do conteúdo ou tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário abaixo!

E não deixe de conferir outros posts no nosso blog.

 

sc-imoveis-cta-infografico-investir-em-florianopolis